Você acredita em anjo da guarda?

by Camila Castro on 20 de April de 2012

Essas e muitas outras perguntas existem na cabeça do ser humano há décadas, séculos, milênios. Muitas vezes, o comportamento humano é comandado de acordo com a crença do homem em uma determinada religião. Existem pessoas que sofrem com o domínio que a superstição tem em sua vida, outras acreditam em energias positivas e negativas, existem aquelas que crêem em um só Deus e outras que adoram vários Deuses, tem ainda os que em nada acreditam. E você, no que tem fé? Independente do que se acredite, o ser humano rege seu comportamento de acordo com a sua fé. E frequentemente, os anjos da guarda estão presentes no cotidiano das pessoas.

Anjo da guarda

Profissionais que se dedicam à essas crenças, os chamados místicos, estudam o comportamento humano e, muitas vezes, direcionam seus consulentes de acordo com o que vêem em suas cabalas, cartas de tarô, runas, búzios, borra de café deixada na xícara onde seu cliente bebeu e até mesmo em mapas astrais que são elaborados com base na data de nascimento, hora e local. Neste último, se tem a chance de conhecer a posição exata dos planetas no momento do nascimento e, assim, traçar um perfil da personalidade da pessoa de acordo com fatores astrológicos.

Mas e o tão conhecido e famoso “Anjo da Guarda”, ele existe mesmo?

Anjo da guarda e as cartomantes

Publicidade - LAMG

Desde criança crescemos com a idéia de que existe um ser superior e possuidor de enormes asas que está sempre ao nosso lado nos tomando conta e protegendo de todo mal. Isso, em geral, nos conforta, pois essa idéia parece bastante aconchegante. Imaginar que estamos protegidos e que o mal não poderá nos afetar. Mas será mesmo que esta não é uma crença criada para delimitar os excessos do comportamento humano? Será que nosso anjo da guarda não é, tão somente, nossa própria consciência?

As runas - superstição

 

 

Anterior:

Seguinte:

Deixe um comentário